Avaliação 360 Graus

O que é?

Avaliação 360 graus é um método de análise indicado para processos de desenvolvimento das práticas de gestão. Neste processo, o colaborador responde a um questionário de auto avaliação em relação a determinadas competências e também é avaliado em relação ao mesmo conjunto de competências por seus subordinados, colegas/pares e superiores.

A avaliação 360 graus (ou Feedback 360 graus) é um instrumento de desenvolvimento que pode ser usado por qualquer pessoa que tenha interesse em se autoconhecer, enxergando-se a partir de múltiplas perspectivas. Quando utilizada dentro do contexto organizacional, contribui de maneira significativa para o desenvolvimento de competências e comportamentos de liderança demandados pela organização.

Trata-se de um processo em que os participantes (avaliados) recebem feedback estruturado de seu superior, pares e subordinados, fazendo também uma autoavaliação. O 360 graus pode ser feito de maneira formal ou não, avaliando competências específicas ou simplesmente perguntando sobre comportamentos demonstrados. Tradicionalmente, a avaliação 360 graus é construída sobre competências específicas e conduzida de maneira anônima, proporcionando assim um feedback mais honesto e transparente.

Seu resultado consolida as diversas percepções e funciona como um espelho de 4 faces, em que se pode comparar a visão de cada um dos grupos com a visão que se tem de si próprio, gerando poderosos insights para o participante. E´ importante ressaltar que a avaliação 360 graus mensura percepções, mas não pode ser tomada como verdade absoluta. Ela deve sim, ser utilizada para reflexão e desenvolvimento, mas não como instrumento de mensuração de performance ou para subsidiar programas de remuneração vari´vel, por exemplo. Sistemas ou processos imprecisos ou confusos podem levar a resultados improdutivos, como feedback punitivo, metas de desenvolvimento não apropriadas, stress, cinismo, descrença e falta de participação.

Por outro lado, se feito e utilizado corretamente, o 360 graus leva o avaliado a assumir responsabilidade por seu auto desenvolvimento, por meio da elaboração e execução de um plano de ação com objetivos claros e indicadores de progresso. No entanto, para que o avaliado assuma essa responsabilidade, ele deve ser envolvido desde o início na escolha dos participantes que irão responder sua avaliação. A credibilidade destes perante o avaliado é crítica para o sucesso do processo. Da mesma forma, o resultado deverá ser entregue em primeira mão para o avaliado, para que ele tenha tempo de assimilar o conteúdo e refletir sobre as mensagens ali contidas. Se isto não for respeitado, o avaliado poderá descartar os resultados da avaliação e todo o processo terá sido um desperdício de tempo e recursos. O que se recomenda é que o próprio avaliado compartilhe seus resultados com seu superior imediato para discutir seu plano de desenvolvimento, alinhando suas necessidades de desenvolvimento com aquelas identificadas pela empresa.

Em resumo, a avaliação 360 graus é uma das formas mais eficientes e eficazes para apoiar o desenvolvimento humano e organizacional, desde que utilizada corretamente!

Objetivo

Uma avaliação 360 graus tem como objetivo evidenciar as competências que se mostram como pontos fortes e aquelas que no momento se situam como área de melhoria.

Trata-se de um método extremamente eficaz por fornecer dados concretos com base na avaliação do próprio participante, seus superiores, colaboradores e colegas, construindo uma base sólida para um Plano de Ação de Desenvolvimento personalizado e eficaz.

O 360 Graus possibilita:

Ao indivíduo:

- Entender as expectativas da equipe;
- Autoconhecimento;
- Perceber com clareza como ele é percebido pelos outros;
- Avaliar o impacto do seu comportamento no ambiente de trabalho e nas pessoas, bem como as consequências de suas ações;
- Mensurar o seu desempenho profissional;
- Desenvolver suas competências;
- Evolução profissional;
- Melhora da performance.

À equipe:

- Facilitar a comunicação entre seus membros;
- Somar potenciais e diferenças pessoais;
- Agregar expertises;
- Identificar as causas de possíveis conflitos;
- Propiciar ambiente de trabalho mais produtivo.

À empresa:

- Identificar e desenvolver o potencial de seu capital humano;
- Obter a comunicação objetiva e aberta dentro da empresa;
- Alinhamento de linguagem entre os colaboradores;
- Verificar estilos de gestão;
- Adotar critérios comuns para mensuração de resultados;
- Definir áreas de desenvolvimento coletivo;
- Visualizar áreas de investimento para a formação, treinamento e desenvolvimento em todos os níveis;
- Reforçar os valores e a cultura da organização;
- Gerar reflexão da liderança sobre decisões operacionais e estratégicas.

Utilização

A Avaliação 360 graus pode e deve ser usada para:

- Mudança de comportamento;
- Avaliação de desempenho / Gerenciamento;
- Coaching individual;
- Identificação de necessidades de treinamento;
- Revisão de carreira;
- Plano de sucessão;
- Mudança de estilo gerencial;
- Team building;;
- Mudança de cultura;
- Verificação do status atual da equipe.

Observações

O 360 graus não é uma ferramenta de avaliação conclusiva, uma vez que reflete a realidade subjetiva do comportamento a partir de um conjunto de percepções variadas.

Desta forma, o 360 graus não deve influenciar os sistemas de gestão sem uma discussão prévia e ampla sobre os resultados.

Para aplicar esta ferramenta para sua empresa ou equipe, solicite sua proposta pelo e-mail contato@ellevendh.com.br ou pelo telefone (12) 3302-0111.